Friday, April 08, 2011

Vi há pouco tempo "O Turista", filme pejado de bons actores, alguns deles que se deram a fazer papeis manifestamente secundários, mas que tinha como astros principais e Angelina Jolie e o Johny Depp (por esta ordem, sem dúvida).
O filme é péssimo...parece-me difícil que fosse possível ser pior com tanto talento por metro quadrado. É péssimo. Péssimo. Péssimo!

Vi-o, já, duas vezes.

Qual o motivo para tanta boa gente fazer tão mau filme (o único mau do Depp que já vi)? Qual o motivo que me levou a ver, para já, tão mau filme duas vezes?
A resposta, para ambas as perguntas, parece-me simples: Angelina Jolie.
Para eles, que fizeram o filme, pela oportunidade de estar perto dela. Para mim, que vi o filme, pela oportunidade de a ver mover-se.

Num mundo de mulheres bonitas (ou lindas) a Jolie é mais.
É discutível que seja a mais bonita e é, também, discutível que seja a mais boa; então, porquê?
Bem, eu que não sou saudosista nem penso que o melhor já lá vai, tenho de admitir que, aos meus olhos, o glamour das actrizes do antigamente (Sophia Loren, Bardot, Lolobrigida, Fonda, Taylor...) sobrevive, hoje, apenas nos corpos da Jolie e da Bellucci. São os baluartes últimos de classe; são as únicas que entram num baile e fazem o tempo parar; são as únicas com uma qualidade intrínseca que se corporiza no deslizar e não no andar; são as únicas que nos levam, de novo, ao tempo de classe e de presença, afastando-nos, por isso, da vulgaridade actual.

Já vi duas vezes e algo me diz que verei mais ainda, mesmo que sem som.

2 Comments:

Blogger A Escafandrista said...

Também vi "o turista", o final estava bem previsível, é óbvio que ele era o tal que a polícia procurava e blá blá blá.. ela estava linda e sexy como sempre, mas cairia-lhe bem uns quilinhos a mais. rrsrs

10:22 AM  
Blogger Kaiser Soze said...

Concordo. Também prefiro um bocadinho mais de carne mas...no caso dela até me custa chamar-lhe defeito...

5:12 AM  

Post a Comment

<< Home