Thursday, February 02, 2012

O PR

Há uns dias, os suficientes para já não se chamar de "actualidade", o Presidente da República informou os portugueses que o que recebia mensalmente não seria suficiente para cobrir as suas depesas.
A impressão que me deu é que ele percebeu, instantaneamente, a diarreia cerebral de que se havia sido vítima mas a merda já estava feita. O que me leva a crer que ele percebeu? Fundamentalmente duas coisas: uma é que foi rápido a falar dos 1.100,00€ de uma das pensões mas esqueceu-se a quanto ascendia a outra e a segunda é que convidou os jornalistas a averiguar.
Averiguação feita, o valor que não lhe dá para as despesas é de 10.000,00€ mensais, sendo certo que se esqueceu, também, que além de ter casa, comida e roupa lavada à pala (bem como carro, motorista...) ainda dispõe de uns 3.000,00€ para as enigmáticas "despesas de representação". Em suma, 13.000,00€ são curtos para uns finos (fora de casa, claro) e para uns eventuais cigarros.

Depois desta brilhante barbaridade, houve uma comunicação lá da Presidência que, mais do que tarde e a más horas, foi ridícula; no seguimento do caminho trilhado por parte (grande parte, diga-se) da comunicação social indicado por spin doctors, veio dizer que o que queria ter dito é que também ele tinha perdido os subsídios e que, assim, estava solidário com os portugueses.

Quando ouvi esta mensagem veiculada só uma palavra me ocorreu: FODA-SE!!!

O que incomoda os portugueses não é que ele perca os subsídios e, a mim, também não me importa que ele seja bem remunerado. Não concebo que o Presidente da República seja mendigo.
O que incomoda os portugueses é este desfazamento da realidade em que este gajo e outros vivem (já vi o tipo que andou a fazer relatórios da RTP para o governo dizer que 5.000,00€ mensais nem é dinheiro que se veja) em que 10.000,00€ (esqueçamos que não tem as despesas já elencadas e os 3.000,00€) são insuficientes para se viver!!!
Diz-se que a média nacional são 750,00€ (valor em que apenas posso confiar se aqui estiverem os ordenados dos futebolistas) e este tipo, com 10.000,00€ vê-se à rasca? Droga? Jogo? Pêgas? Estupidez?

Nós não somos estúpidos!
Não é possível que o gajo que teve todo o dinheiro do mundo, enquanto PM e que nada fez, o gajo que pede sacrifícios a torto e a direito, o gajo que apela à contenção, o gajo que compra acções abaixo do que elas valem e as vende pelo preço - com a ajuda de amigos, é claro - venha atirar as mãos à cabeça porque só tem 10.000,00€.

Ej pá, foda-se...

1 Comments:

Blogger Maria said...

Muito obrigada ao comentário em meu blog! Espero ler suas palavras mais vezes também!
Beijos

10:14 PM  

Post a Comment

<< Home